Ceni se comove com reportagem da ESPN e conhece casal que decorou casa em sua homenagem

65

ESPN.com.br

Gustavo Setti, Mendel Bydlowski e Patrick Mesquita

622 30d0a961 35ed 33d7 ace5 c499a8c1393d

Ceni se comove com reportagem da ESPN e conhece casal que decorou casa em sua homenagem

Realizar o sonho de conhecer o maior ídolo. Poucos conseguem o feito, mas para dois torcedores o que parecia impossível virou realidade. Após anos de tentativas frustradas, Margarida Santos e Sérgio Ferreira finalmente se encontraram com Rogério Ceni.

O casal torcedor do São Paulo, que mora em Diadema (SP), tem a casa inteira decorada em homenagem ao agora ex-goleiro tricolor. Sala, quarto, cozinha e até a churrasqueira tem alguma relação com o ídolo que se aposentou na última sexta-feira (11). O ESPN.com.br contou a história deles no especial Rogério Ceni, o mito tricolor. Apesar da idolatria, eles nunca chegaram perto do astro.

Comovido com o caso, o ídolo são-paulino entrou em contato com os torcedores e os convidou para o amistoso de despedida, que aconteceu no Morumbi. O encontro aconteceu na “concentração” dos campeões mundiais de 1992/93 e de 2005, em um hotel na zona sul da capital paulista.

Pouco antes de entrar no ônibus rumo ao estádio, Ceni conversou, emocionou e entregou dois convites a Margarida e Sérgio.

Todo o encontro foi registrado pela equipe da ESPN, que acompanhou o casal durante todo o jogo de despedida do ídolo tricolor.

Assista à reportagem e veja a realização do sonho de Sérgio e Margarida no último dia de Rogério Ceni como jogador.

4 COMENTÁRIOS

  1. Acabei de encontrar com o Kleber Gladiador na padaria. Estava com mulher e filho pequeno em um café da manhã bem família.
    Perguntei o que ia fazer em 2016 e falou que ainda não estava nada decidido.
    Sugeri um acordo de produtividade com o São Paulo e ele não negou.
    Podíamos contratar com um bom salário, mas dentro do teto estabelecido, com acordo de produtividade por gols, assistência, mínimo de participação em jogos, fases da Libertadores e títulos.
    Fazia um contrato de um ano e se estivesse dando certo renovava antes do meio do ano.
    Duvido que não aceitaria.
    Não vamos achar atacante melhor do que ele disponível e tem a vontade que falta ao São Paulo. Faria uma ótima dupla com o Rogério.

  2. Isso é coisa de curinthiano que enfeita a casa com poster do Dentinho, Vampeta, e não de São Paulino que tem a cultura diferente.

  3. Ela decorou a casa com penas de frango em sua homenagem.

    Faço coro com o amigo André, estão usando a aposentadoria do peruzão para não focar no time

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

quatro + dezessete =