Conselheiro do São Paulo ganha ação para ver contratos de Antony, Hernanes e mais cinco jogadores

316

GloboEsporte

Clube tem até cinco dias para apresentar os documentos e está sujeito a multa em caso de descumprimento; Tricolor pode entrar com recurso

O conselheiro Denis Ormrod ganhou uma ação na justiça que obriga o São Paulo a apresentar os contratos de seis jogadores: Antony e Hernanes (seguem no clube), Petros, Diego Souza, Maicon e Cueva (já não fazem parte do elenco de Cuca) e Jucilei (afastado).

O documento também solicita esclarecimentos sobre as despesas com golfe nas dependências do clube social. Há o entendimento que a modalidade não acrescenta ao São Paulo e só gera despesas. A informação foi veiculada inicialmente pelo “Blog do São Paulo”.

De acordo com a decisão da juíza Mônica de Cássia Thomaz Peres Reis Lobo, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o clube tem cinco dias para apresentar toda a documentação e informações relativas às transações dos atletas e informações do departamento de Golfe. Caso não seja cumprida a determinação, o clube pagará multa diária. A ação cabe recurso.

No documento de 541 páginas, Denis Ormrod questiona, sobretudo, as compras dos jogadores citados acima e as comissões que os empresários (ou empresas) faturaram em cada negócio.

No caso de Antony, revelado pelo São Paulo, é solicitado que seja esclarecido como estão distribuídos os direitos federativos e econômicos do atleta de 19 anos.

Procurado, o São Paulo não se pronunciou sobre o caso até o momento da publicação da matéria.