LG em Foco – Trancos e Barrancos

Bem amigos, vencemos mais uma partida na UEFA Champions paulista, numa dificílima partida contra o Real Botafogo-SP. Foi sofrido, mas após o apito final pudemos sair aliviados do Morumbi com a certeza que o campeão voltou.

Voltou, voltou mesmo, voltou a fazer raiva, voltou a tomar sufoco de um time sem nenhuma expressão nacional, um time que a única coisa que fez de bom até agora foi revelar o Raí jogador, falo jogador e não dirigente.

Tomamos duas bolas na trave por causa da nossa terrível zaga e também culpa do mão de tábua. Apesar de ter feito algumas boas defesas, nosso arqueiro parece que tem as mãos engessadas, não consegue encaixar uma bola sequer, o cara espalma até recuo de bola. Além disso usa as  travas das chuteiras feitas de raiz de Jatobá, não consegue sair do chão para cortar um cruzamento. A solução seria sacar ele  do time, e já que gastaram uma fortuna no Jean, o coloquem para jogar e rezem para que ele não arme a barreira como fez contra o São Paulo no jogo em que ainda defendia o Bahia. Diante de tudo isso, aumenta a  saudade do Zetti, mas só avisando ao Raí Toledo que não precisa trazer ele de volta por causa disso.

Outro fato triste é a covardia que fizeram com o Diego Souza. Que o Tite é o melhor treinador brasileiro do momento ninguém duvida, mas nem por isso escapa de dar suas cagadas, prova disso é que colocou na cabeça do Diego Souza que ele é centroavante, e o pior de tudo é que ele acreditou. Vai acabar com seu final de carreira dessa forma, mas como trouxemos o Carlito Trellez, talvez ele volte acertadamente para meia disputar com o Valdivia, Nenê e Cueva

Falando em Cueva, o Peruanus pelo visto resolveu jogar, como viu que ia se ferrar as vésperas da Copa do Mundo, colocou o rabo entre as pernas, pediu desculpas e foi pro jogo. Sabemos que esse empenho só vai durar esse semestre, caso não seja negociado com certeza vai fazer de novo, sendo assim, nos ajude com gols e assistências e depois vá jogar no Dínamo da Tasmânia, lá na Mongólia e nos deixe em paz.

Ainda falando em meias, Dorival “ o limitado”, deveria barrar o Shailon e o Lucas Fernandes de uma vez. Empresta para ganharem experiência como fizeram com o Hernanes, pode ser que por milagre comecem a jogar bola. Ao meu ver eles não passam de dois “Sérgio Motta”. Além de tudo isso,  hoje não terão mais espaço para jogar com a chegada do Valdivia e Nenê.

Pelo visto iremos enfrentar 2018 aos trancos e barrancos, nosso treinador é fraco, o elenco é fraco, e com certeza por isso estamos apresentando um futebol fraco, e isso me deixa bastante ansioso pela partida contra as porcas para saber nossa realidade.

Que o Santo continue com a sua árdua tarefa de nos proteger.

Obs: Sabemos que Nibiru está se aproximando quando o Kingnaldo sai aplaudido do Morumbi como o melhor jogador em campo.

Devolvam ao Gigante o seu status de gigante.

Luis Gustavo, mais conhecido como LG, é são-paulino desde 1990 e frequentador da SPNet desde 2001

E-mail: [email protected]

 

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Facebook Comments

13 COMENTÁRIOS

  1. Começo de ano, começo dos torneios, os times ainda se ajustando, e os torcedores já xingando tudo e todos. Tenham paciência. Esse Paulista só serve para que os treinadores observem os jogadores, experimentem esquemas, etc.
    São jogos treinos.
    No Brasil o que vale mesmo é o Brasileirão.
    Quem está interessado no campeonato pernambucano? Entretanto no Brasileirão todos observam o Sport Recife, e na hora que ele passar para a segunda divisão, sai da vitrine.
    O Brasil precisa de treinadores novos com mentalidades arejadas. Palmas para Rodrigo Caio, pelo fair-play, palmas para o Carile, palmas para Dorival.
    Ou será que o brasileiro gosta mesmo é da selvageria das organizadas e da péssima educação de Neymar?

  2. Oxe Mito LG, se aperrei não!

    Com as contratações do Nenê de Vila Matilde e do Chileno do Mato Grosso, o time vai vingar!
    Já a zaga, continuo nessa máxima: R.Caio NÃO é zagueiro, é VOLANTE. Seria muito mais útil nesta função, já que Jucilaw e Petrosković não sabem sair jogando!

    Agora, Shailow e Danoninho Fernandes não tem mais jeito, já tiveram suas oportunidades!
    E no gol, o goleiro de 10 milhões de reais tem que jogar!

      • A despeito de minhas críticas ao time, tomo como exemplo recente o Grêmio que, cheio dos assim chamados “refugos”, foi campeão da libertadores. O próprio Corinthians ano passado era um time aparentemente ruim. Foi campeão brasileiro. Parece-me que a turma do amendoim do Palmeiras fez escola. Realmente, sugiro a contratação do Messi. Qualquer outro jogador será considerado lixo antes mesmo de estreiar pelo São Paulo.

      • Caro A.Velame,

        Se o Sr. leu meu comentário, percebeu que apoio as vindas do Nenê e do Valdivia.

        R.Caio é um ótimo jogador (no meio atuando como volante).

        Petros e Jucilei são lentos, como vossa senhoria apontou em sua última coluna, não disse que são ruins.
        Quanto aos mimados de Cotia, já provaram que precisam amadurecer em outros clubes.

        Acredito que o Sr é o único colunista contraditório aqui do site.
        Até pouco tempo atrás pedia paciência, agora na última reclamou geral.

        Reveja seu conceitos!

        • Não há contradição… sugiro uma releitura. Só reclamei quanto às famigeradas contratações de Tréllez, e Nenê (em conjunto com Diego Souza).. pra mim, ou era um, ou era outro… quanto a Petros e Jucilei (excelente dupla de volantes), assim como Rodrigo Caio – NA ZAGA, óbvio, como joga há 6 anos. Não há problemas na defesa… os números provam. Quanto aos jovens continuo dizendo pra ter paciência…

  3. O que eu vou falar disso?

    Vamos ver…

    Antes de seguir comparando o principal ídolo da história do clube (Raí) com esse excelente comediante (Ari Toledo); o Sr. deveria reler o que escreve para fixar algumas piadas de mau gosto.