Na Rede – Um domingo nostálgico

90

No último domingo foi um dia para podermos rever e dependendo do caso ver, algo que o São Paulo não faz a muito tempo que é conquistar um título. E pra ficar ficar mais legal ainda reprisaram dois de uma vez só.

O paulista de 1998 o qual nunca havia visto, pois na época tinha apenas 1 ano de idade e o mundial de 2005 que posso dizer que foi neste jogo que comecei a torcer pelo São Paulo. Por mais que em minha família a esmagadora maioria é torcedor do tricolor, a pessoa quando ela está na fase de escolha do time ter a oportunidade de ver o time ganhar um título mundial isso faz com que fique mais fácil a preferência por esse time. 

Revendo a história nós podemos perceber o porque o jogador se torna ídolo em um clube, não tinha ainda o quanto o Mineiro jogou contra o Liverpool. Além ter feito o gol, ele estava em praticamente todos os cantos do campo, na defesa desarmando o ataque adversário, aí então ia pro ataque lá estava estava o camisa 7.

Percebemos também o porque o Lugano é raça e coração. Quem dera hoje tivesse alguns “Luganos”.

Rogério Ceni, bom o M1TO dispensa comentários. Só digo que pra defender aquela falta, cobrada pelo Steve Gerrard, um dos melhores daquela época, tem que ser um M1TO.

E claro o Cicinho, Junior, Aloísio, Amoroso e os demais campeões

Hoje o nosso time passa por um momento de jejum,  e tenhamos torcedores que ainda não viram um título do São Paulo, então é em momento nostálgicos que temos de mostrar que “As tuas glórias vem do passado”.

SPNauta, qual é a sua opinião? Deixe nos comentários!

Matheus Couto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

9 − nove =