A Palavra da Corte – “Jestão”?

817

Salve salve Nação Tricolor, aqui estou eu de volta com nossa coluna após um tempo sem escrever.

Calma, eu sei que gestão é com G. Mas talvez não no São Paulo Futebol Clube.

Quero compartilhar pra vocês o quanto me deixa indignado a falta de cobranças e de responsabilidades dentro do nosso Mais Querido. Não é porque dentro de campo o time deu uma melhorada e a torcida está um pouco mais esperançosa e feliz que podemos tapar os olhos para o que tem acontecido.

Primeiro, quanto às absurdas contratações. Começando pelo lado bom, é claro que fiquei feliz com a vinda do Dani Alves, do Juanfran, do Pablo no começo do ano que todos os times do Brasil queriam… e quando a diretoria sabe que acertou, eles enchem estádio, todos os diretores vão de papagaio de pirata para aparecerem nas fotos e nas entrevistas, sorrisos e mais sorrisos, filmes emocionantes na SPFCtv. Legal!

Mais quem é ou são os responsáveis pelo absurdo de dinheiro que estamos perdendo com Jucilei e Bruno Peres parados e desvalorizados? Ou jogadores emprestados com o SPFC pagando parte ou todo o salário? Quem vai pagar por isso? Que companhia aérea por exemplo conseguiria sobreviver comprando duas ou três aeronaves e deixando-as paradas no hangar sem voar e sem gerar receita, mas pagando todos os custos por elas? Vide Avianca recentemente, que acabou falindo e devolvendo os aviões aos fabricantes.

Da mesma maneira, quem foi que recentemente gastou dinheiro a toa em um jogador “bixado” como o Carneiro, sendo que se esperasse 6 meses o jogador teria vindo de graça? Não vi a diretoria toda sorrindo nas fotos atrás do Calazans, do Biro-Biro, do Maicosuel, do Everton Felipe (esse último por indicação do Diego Souza, que depois de um tempo vazou também..), Jhonatas Gomez, Wellington Nem, Thomaz, só pra citar alguns de diferentes temporadas e situações, mas comprados por essa diretoria!

Como sócio do clube e torcedor, me sinto lesado já que apoiei a mudança de um estatuto na qual cravava que as diretorias deveriam ser ocupadas por gestores com notório saber em suas áreas. E na maioria das diretorias não é o que vemos, mas sim conselheiros amigos do Rei encaixados em funções aqui e ali! É só ver o quanto de dinheiro que perdemos, é a prova da falta de competência. Ou estou sendo muito crítico?

Vir a público e dizer que TEMOS QUE vender x jogadores no ano ou no semestre pra fechar a conta é uma confissão de incompetência! Em uma das últimas reuniões do conselho um conselheiro apresentou um relatório que ele mesmo preparou com dados assustadores sobre o quanto o SPFC já comprou e vendeu jogadores nos últimos 3 anos!

E quem cobra a diretoria executiva de futebol, financeira, de planejamento e o presidente remunerado do clube? O Conselho Administrativo, do qual o próprio Leco é também presidente? Quando será público as metas que cada diretoria tem que cumprir para justificar seus belos salários?

E ainda querem separar o social do futebol profissional e fazer clube empresa? A idéia é bonita, mas quem você acha que estará no comando dessa empresa, são-paulino?

Eu juro que torço pra dar certo e queria entender o que acontece, mas a diretoria só aparece mesmo em festa no Morumbi lotado pra apresentar jogador multi-campeão. Pra justificar o dinheiro indo pelo ralo ou a assustadora situação de nosso REFFIS (assunto pra um outro dia) nem nas reuniões do Conselho eles conseguem explicar ou convencer. E pelo modelo que nosso clube é administrado, pouco ou nada os conselheiros podem fazer.

Como é no seu trabalho? Na sua empresa? No seu comércio? Você, seus chefes, funcionários ou colegas podem fazer o que quiserem, e se suas ações causarem perdas para a empresa, tudo bem? Segue o jogo?

Dentro de campo, continuamos torcendo pro Cuca conseguir armar um time com o que tem disponível e terminar o primeiro turno ali no bolo, pra no segundo turno, quem sabe com mais gente fora do departamento médico e sem jogadores cedidos a CBF pra fazer estágio na seleção (Igor Gomes) a gente possa brigar pelo título. Eu vou acreditar e torcer até o fim!

É isso.

Salve o Tricolor Paulista, meu amor hoje e sempre!

Artur Couto é engenheiro,  sócio-torcedor e sócio do SPFC, e é administrador da SPNet. Escreve nesse espaço todas as quartas-feiras.

Siga-me no Twitter @arturcouto

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam nece