Na Rede – Seguir o calendário europeu

313

Depois de cinco jogos estava na hora do tricolor voltar a vencer, e o diferencial foi o nosso

técnico que quando viu o Botafogo ia fechar a casinha, colocou Éverton e Antony pra mostrar que o São Paulo não é time de gostar de empate. Foi bom também o Antony ter começado no banco, que assim dá um descanso para o jogador e dá uma baixada na bola dele, pois nas últimas atuações a promessa do tricolor teve uma queda vertiginosa em seu rendimento.

Porém o que vou destacar é a fala do nosso técnico. Quando foi perguntado sobre perder jogadores na data FIFA, o treinador respondeu “Normal. É a nossa cultura. Tem de entender que é assim. Por isso privilegia o elenco, tenta treinar o elenco de forma homogênea. Por exemplo, no mês que vem temos sete jogos. Além dos selecionados, é natural ter desfalques, vai ter jogador suspenso, com lesão. Por isso a força de elenco”.

Deixar o calendário do futebol brasileiro igual ao da Europa é a melhor solução para o campeonato,pois a data FIFA seria respeitada o os times nacionais não ter que ficar se remontando a cada semestre, e se falarem que jogador vai reclamar de ter que jogar em dezembro é simples, entre as festividades de natal e ano novo o campeonato pararia, do jeito que fazem na Alemanha. É o mesmo poderia ser feito com a libertadores, fase de grupos entre Agosto e Dezembro, fase final entre Fevereiro e Maio. Copiar a Champions League? É lógico, essa solução além de resolver o problema dos técnicos perder o jogador para a bendita data FIFA, valorizaria também a disputa do mundial interclubes.

Eu não esqueci do campeonato estadual, só que acho um campeonato super desnecessário, não porque o São Paulo não o vence há 15 anos, mas porque só serve para desgastar os jogadores que podem ser decisivos em campeonatos que serve para alguma coisa. O estadual poderia servir como um classificatório para o campeonato Brasileiro da 4ª ou uma eventual 5ª divisão, e os times que disputam campeonato nacional não precisaria disputar o estadual.

Isso é uma ideia para solucionar o conflito entre data FIFA e campeonato brasileiro que poderia ser implantada se os clubes fossem mais unidos e se a CBF não fosse a responsável pelo brasileirão, pois o que depender da nossa maravilhosa Confederação Brasileira de Futebol, sempre vai se priorizar o que der mais lucro.



SPNauta, qual é a sua opinião? Deixe nos comentários!

Matheus Couto é estudante de Comunicação Social – Rádio TV, torcedor fanático do São Paulo. Escreve toda segunda-feira nesse espaço.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.



1 COMENTÁRIO

  1. Não acho q a temporada precisa começar em agosto e terminar em junho, ela pode começar em janeiro mesmo, é só adequar as janelas de transferência, sempre serão duas mesmo, não tem como escapar de uma janela no meio da temporada. Nas datas Fifa não teria rodada dos nacionais e a folga do calendário viria com o fim dos estaduais para os times q disputam as principais divisões dos nacionais, assim como o Matheus mencionou.