terça-feira, outubro 17, 2017

Febre Tricolor – Base de calibre

O ano de 2016 fez com que o São Paulo voltasse a ter na base um pilar. Um trabalho idealizado pelo ex-presidente Juvenal Juvêncio...

Febre Tricolor – Futebol estável

Virou praxe no São Paulo as saídas de diretores de futebol marcadas por polêmicas. Apesar da aparente serenidade da gestão do presidente Leco, não...

Febre Tricolor – Portal Sulamericano

Uma das principais críticas sofridas pelos cartolas do futebol brasileiro após o nível técnico dos Campeonatos Nacionais dos últimos anos, foi a incapacidade de...

Febre Tricolor – Marcado para vender

O desperdício de talentos no futebol é corriqueiro. Quando o jogador sai das categorias de base no Brasil é lhe cobrado comportamento de craque...

Febre Tricolor – Carne de pescoço

Carne de pescoço. Foi o que sobrou para o São Paulo encarar nas semifinais da Copa Libertadores da América de 2016. O melhor time...

Febre Tricolor – Resistência à pressão

O confronto diante de uma equipe voltada a sufocar adversários no estádio Independência, como o Atlético Mineiro, me parece um teste importante para a...

Febre Tricolor – O São Paulo não é favorito

O desempenho de Atlético Mineiro e São Paulo até o momento na Libertadores deixa claro qual é o clube que tem chamado mais a...

Febre Tricolor – Quando surge a “Jerarquia”

O pacto dos jogadores do elenco do São Paulo após o empate de 1 a 1 contra o The Strongest, na altitude de La...

Febre Tricolor – É hora de jogar futebol!

A fase decisiva da Copa Libertadores começa essa semana e com ela a chance do São Paulo tornar as coisas mais fáceis. É hora...

Febre Tricolor – o amor faz a diferença?

No dia em que o São Paulo superou o Trujillanos por 6 a 0, lá estava um ilustre torcedor, entre tantos no Morumbi. O...

colunistas

Siga nossas Redes Sociais!

268,877FãsLike
414SeguidoresSeguir
37,379SeguidoresSeguir